O que fazer e onde ficar em Bruges

Ei Pessoal! Estamos de volta e com um post super bacana, cheinho de dicas sobre o que fazer e onde ficar em Bruges, na Bélgica. E quem veio dar essas dicas pra gente foi a querida Vivian do blog Dicas de Viagem, ela já esteve lá duas vezes e teve a generosidade de vir aqui compartilhar conosco. 😉

Então, vamos ao que interessa né?

 

1. Por que Bruges?

Fachada dos prédios em Bruges

Porque é uma cidade que parece que saiu de um conto de fadas! Sabe aquelas cidades que você tem vontade de nunca mais sair? Foi minha segunda vez em Bruges, essa vez com mais calma, deu para conhecer muito mais a cidade, mesmo sendo pequena e aproveitar cada cantinho!

 

2. Em que bairro você se hospedou? Valeu a pena?

Fiquei no Grand Hotel Casselbergh, um hotel super charmoso, bem localizado, próximo a praça Burg, onde tem uma igreja com uma relíquia: um frasco com o sangue de Cristo. Não consegui vistar a igreja devido ao horário de visitação – sai de Bruges e fui a Ghent, vale super a pena um bate e volta!

 

Escolha aqui o seu hotel em Bruges

 

3. Suas três atrações preferidas.

Tudo em Bruges para mim foi fascinante e lindo! Sou apaixonada!

Minhas atracões preferidas: a Praça do Mercado;

Praça do Mercado

A Praça Burg;

Praça Burg

E o passeio de barco pelos canais!

Os canais de Bruges.

 

4. O que te surpreendeu?

Olha que charme de cidade!

Da outra vez que tinha ido a Bruges, tinha sido o passeio de um dia. Dessa vez, o que mais me surpreendeu foram as ruelas, o povo super educado, as praças, as casas fofas que parecem o cenário de um filme!

 

5. Aquela dica que você daria a um amigo!

Não deixe de experimentar o waffle (o que mais gostei foi um perto da praça do mercado) e a batata frita (numa barraquinha com tenda verde na praça do mercado) que são deliciosos! Além de flanar pela cidade e fazer o passeio pelos canais. E para quem curte cerveja artesanal, recomendo a fábrica de cerveja que fui: a Brouwerij De Halve Maan.

Cervejaria Brouwerij De Halve Maan

Chegar em um dia e sair no outro é o suficiente para conhecer Bruges – se quiser fazer o bate e volta a Ghet aconselho a ficar dois dias inteiros para aproveitar mais seu tempo.

 

E aí, curtiram? Tenho muita vontade de conhecer a Bélgica e agora essa vontade só aumentou né?

Um super obrigada à Vivian por ter enriquecido o blog com suas dicas preciosas. E se você quiser saber mais sobre viagens, gastronomia ou lifestyle, o blog Dicas de Viagens, tá cheinho de ideias e sugestões para vocês!

 

Para ver todos os posts e destinos do A Sua Viagem, clique aqui.

 

E você, tem AQUELA cidade que te encantou durante uma viagem? Divida com a gente a sua experiência, é só responder essas cinco perguntinhas do texto, juntar algumas fotos e enviar para o e-mail zuca@zigadazuca.com.br. Será muito bacana tê-los fazendo parte do Ziga da Zuca.

Em breve teremos mais post do A Sua Viagem pra vocês Pessoal!

Beijooo!

 

Fotos: Vivian Dornelles

Author: Natália Gastão

Fluminhoca (fluminense + carioca) experimentando a vida mineira em Belo Horizonte, fisioterapeuta, acupunturista e viajante. Apaixonada pelo Rio e por viajar, sofre de tensão pré e depressão pós viagem, não pode ver uma promoção de passagem aérea e quer ir para tudo quanto é canto.

Share This Post On

Mantenha este blog vivo, comente!