Praga: Como foi a nossa visita guiada!

E hoje começaremos a falar da “queridinha” da nossa viagem à Europa: Praga! Logo no nosso primeiro dia em Praga, tivemos a oportunidade de fazer uma visita guiada pela cidade, que foi bem descontraída e bacana.

A Pavla, nossa guia, nos encontrou no lobby do hotel e de lá pegamos um ônibus e fomos até a base do monte Petřín, onde pegamos o funicular (a mesma passagem de ônibus ou metrô serve para ele) e subimos sem nenhum esforço os 510m de trilhos. Também é possível subir à pé e realmente deve ser muito agradável, nas outras estações do ano, afinal é um parque e eu amo parques! Seguimos, então, até a Torre de Observação de Petřín, que é uma miniatura da Torre Eiffel (62m), erguida em 1891 por F. Prášil para a Exposição do Jubileu em Praga. A torre possui 299 degraus para subir, e um elevador (desta vez escolhemos os degraus) e, segundo a guia, tem as melhores vistas da cidade, especialmente com dias claros, o que não foi o nosso caso 🙁 Infelizmente, pegamos apenas dias, cinzas e chuvosos em Praga, além de uma friaca do cão e nenhum floquinho de neve para me alegrar. Então eu penso que se Praga foi apaixonante cinza, imagine em dias ensolarados… Ia ter depressão intensa para sair de lá!

visita guiada

De lá de cima, nós conseguimos ver o Castelo de Praga, a torre da cidade, a Ponte Carlos, a cidade antiga e o rio Moldava. Parece que em dias claros, dá para ver até parte das florestas da Boêmia Central.

 

Veja aqui o Nosso Roteiro de 2 Dias em Praga

 

visita guiada

visita guiada

visita guiada

Além da torre, o monte Petřín tem vários jardins, mas como já disse antes, era inverno e não havia nada de atrativo nesse aspecto. Aliás, uma curiosidade: Um dos motivos dos jardins não serem interessantes durante o inverno, é que para preservá-los algumas plantas ficam “presas” e também são colocados galhos de pinheiros sobre os lugares onde nascem as flores, assim as plantas não sofrem tanto com o frio. Fiquei impressionada quando vi vários jardins assim e pensei que pudesse ser alguma praga (desculpem o trocadilho :-P), mas a nossa guia nos explicou tudinho.

visita guiada

Depois de visitar a torre, fizemos uma leve e agradável caminhada de uns 10-15 minutos até o famoso Castelo de Praga, que é bonitão e imponente por fora e por dentro, o castelo é enorme (segundo o Guiness, o maior castelo antigo do mundo) e dá para se perder fácil, ainda mais se você é desorientado como euzinha aqui. 😛

Chegamos exatamente no horário de uma das trocas de guarda que acontece de hora em hora, porém a troca de meio-dia, que eu não vi, é a mais bonita, com troca de bandeiras e uma banda marcial tocando de uma das janelas do castelo em direção ao pátio. O Castelo tem três pátios, depois de passar os dois primeiros, chegamos na Catedral de São Vito, que deve ter sido a pioneira na expressão “obra de igreja”, pois começou a ser construída em 1344 e só foi consagrada em 1920. Por conta disso, a catedral que é predominantemente gótica, possui traços barrocos e renascentistas, afinal tempo não faltou para cada arquiteto deixar a sua marca. 😉

visita guiada

visita guiada

visita guiada

Da catedral, seguimos para o Velho Palácio Real, e além de passar por vários salões, inclusive o que os atuais presidentes da república tomam posse, entramos no antigo gabinete da antiga Chancelaria Boêmia e vimos a janela de onde empurraram dois conselheiros e um secretário, durante uma rebelião, esse ato, que ficou conhecido como a “Segunda Defenestração de Praga”, desencadeou uma guerra. Como tratou-se da segunda defenestração, dá para se ter uma ideia de como o pessoal lá resolvia as desavenças né?

A visita ao Castelo de Praga ainda possui mais coisas, e você deve reservar no mínimo duas horas para as principais atrações, mas se quiser ver tudinho detalhado, coloque mais horas nessa conta!

Do Castelo, caminhamos até a Igreja de Nossa Senhora Vitoriosa, onde fica a imagem do Menino Jesus de Praga, do qual sou devota, e que ficou conhecido por ter protegido Praga da Peste Negra e da destruição da Guerra dos Trinta Anos, a Igreja é simples e apesar de ser um lugar de peregrinação não estava muito movimentada, no segundo andar há uma exposição das diferentes roupas feitas para o Menino Jesus, que são presentes de chefes de estado, príncipes, benfeitores, etc. as roupas do Menino Jesus são trocadas de acordo com um calendário específico da igreja. Ao lado da paróquia, tem uma lojinha que vende souvenirs do Menino Jesus de Praga.

visita guiada

Saindo de lá, caminhamos um pouco mais pelas ruas de Malá Strana, que por sinal são encantadoras, e só de ficar batendo pernas por ali eu já ficaria satisfeita 🙂 . Vimos um artista tocar e cantar (veja o vídeo aqui) no alegre Muro de John Lennon, que tem esse nome por conta do símbolo pacifista que o ex-beatle se tornou após o seu assassinato em 1980, especialmente para os jovens tchecos que não podiam sequer tocar música pop ocidental durante o comunismo, alguns músicos que o fizeram chegaram a ser presos. O muro sempre teve a pintura do rosto de John, grafites e outros símbolos de paz e liberdade, e apesar do esforço da polícia secreta em passar tinta sobre as pinturas, elas sempre retornavam. Hoje, o muro é uma referência aquele período e uma homenagem ao ex-beatle, que por sinal nunca esteve em Praga.

visita guiada

Dando continuidade, passamos por uma pontezinha daquelas cheeeeias de cadeados e super charmosa e por fim atravessamos a emblemática Ponte Carlos, uma ponte só de pedestres (apenas depois da II Guerra Mundial), que tem esse nome em homenagem ao Rei Carlos IV que mandou construí-la, para substituir uma outra que havia sido levada por uma enchente em 1342. A ponte é lindíssima, cheia de estátuas barrocas nas muretas e muito agradável de caminhar. Como fomos na friaca no inverno, pegamos a ponte tranquilinha (um dos lados positivos do inverno), com alguns turistas, artistas e ambulantes, mas há vários relatos de que ela fica lotada durante o verão e bem cheia durante as outras estações. Tanto que o conselho para esses períodos e dar uma madrugada para conseguir ao menos uma foto da ponte mais vazia.

visita guiada

visita guiada

Curiosidade: Uma das estátuas da Ponte Carlos é de João Nepomuceno, o padroeiro dos tchecos. De acordo com a lenda, ele foi jogado da ponte por se recusar a contar a confissão da rainha (sigilo profissional é tudo!), dizem que as estrelas em sua auréola acompanharam o seu cadáver rio abaixo. Hoje, rola um papo de que se você esfregar a placa de bronze, um dia voltará a Praga. 🙂 Tem um cachorro ao lado da placa de bronze, que está brilhando de tanto que esfregam também, mas a Pavla disse que esse não vale. 😛 Claro que garantimos a nossa esfregadinha! 😉

visita guiada

Seguimos para Staré Město (Cidade antiga), almoçamos no delicioso Pasta Fresca, nos despedimos da Pavla e seguimos nosso caminho, rodando por essa outra parte linda de Praga, mas isso nós contamos neste post aqui. 😉

visita guiada

Impressões sobre o passeio guiado: Se não tiver um guia, você pode fazer os mesmos passeios por conta própria, claro que o guia sempre terá um plus, no nosso caso, a Pavla enriqueceu bastante o nosso tour. Mas de uma maneira geral, dá para aproveitar e se virar muito bem. 😉

E vocês, sabem de alguma outra curiosidade, dica ou tem alguma dúvida sobre Praga? Se não tiverem e quiserem só dar um “oi” e dizer o que acharam do post, também ficarei bem feliz! Comentários sempre alegram o blog! 😀

Contatos da Guia:

Pavla Bartásková

Idiomas: Inglês, holandês e tcheco (claro).

Contato: info@guide-praha.cz ou neste link aqui.

O Ziga da Zuca agradece o apoio da Secretaria de Turismo de Praga.

 

Organize sua viagem com o ZigadaZuca:
Nós oferecemos apenas produtos que já testamos e que sempre utilizamos em nossas viagens.
Ao utilizar estas ofertas você não paga nada a mais, recebe um excelente serviço pelo melhor preço e ainda ajuda o blog.
.

        

Author: Natália Gastão

Fluminhoca (fluminense + carioca) experimentando a vida mineira em Belo Horizonte, fisioterapeuta, acupunturista e viajante. Apaixonada pelo Rio e por viajar, sofre de tensão pré e depressão pós viagem, não pode ver uma promoção de passagem aérea e quer ir para tudo quanto é canto.

Share This Post On

Mantenha este blog vivo, comente!