A Sua Viagem – Baku, Azerbaijão

Oi Pessoal!

Passou o carnaval e agora voltamos de vez com a coluna A Sua Viagem! E a nossa convidada de hoje é uma blogueira que eu sou fã de carteirinha: A Luisa do blog Arquivo de Viagens, e ela vai falar de Baku, no Azerbaijão. A Luisa já visitou váááários lugares como a Letônia, Macedônia, Ucrânia, Tanzânia, dentre muitos outros e sempre me deixa com água na boca com os seus posts super bem escritos e cheinhos de humor!

Então chega de blá blá blá e vamos ao que interessa né?

 

1 – Por que Baku?

Baku

Porque Baku superou muito as minhas expectativas. Antes de organizar a viagem, não sabia nem onde ficava o Azerbaijão e quando cheguei em Baku fui surpreendida com uma cidade moderna, viva, elegante (para os padrões orientais 😉 ) e ao mesmo tempo com um centro histórico super bem conservado que te faz reviver a época da Rota da Seda no Cáucaso. Alem de ser uma cidade super segura e uma delicia pra se viajar com crianças, pois possui muitos espaços exclusivos para pedestres, onde as crianças podem brincar livremente e também possui um dos povos mais hospitaleiros que tive a oportunidade de conhecer.

 

2 – Em que bairro você se hospedou?

Boulevard

Fiquei hospedada do lado da cidade murada e na beira do Boulevard. Acho que não poderia ter escolhido localização melhor: estava do lado das principais atrações turísticas de Baku e a dois passos do Boulevard que minha filha de 2 anos amou de paixão! Batíamos ponto ali todo final de tarde!

 

3- Suas 3 atrações preferidas:

1- A cidade murada, que é a principal atração turística de Baku, considerada patrimônio da humanidade pela Unesco.

Baku

2- O Boulevard, que é um super-calçadão na Beira do mar Cáspio, com pretensões de ser o maior do mundo até o final de 2015 com 26km.

Baku
3- Flame Towers, cartão postal de Baku, de noite essas torres se iluminam e formam desenhos de chamas como se as torres estivessem pegando fogo (formam outros desenhos também, mas esse é o meu preferido).

Baku

 

4 -O que te surpreendeu:

A cidade inteira me surpreendeu, mas o que me mais me chamou a atenção foi a hospitalidade e a simpatia das pessoas. Acho que o maior exemplo que posso dar sobre essa hospitalidade foi quando o motorista que contratamos para visitar os arredores de Baku se ofereceu, na maior boa vontade e como se fosse a coisa mais normal do mundo, para cuidar da nossa filha que dormia, para que pudêssemos visitar os lugares com calma.

Baku

Outra coisa que me surpreendeu foi a limpeza e a organização de Baku, não tinha absolutamente nada fora do lugar, chegava a ser irritante de tao limpo!

 

5 – Aquela dica que você daria a um amigo:

Se você não gosta de pechinchar, procure táxis oficiais pela cidade, com taxímetro. Se você pedir pra alguém chamar um táxi pra você, provavelmente vai vir um cunhado ou um primo fazendo as vezes de taxista. E dá-lhe pechinchar!

 

Muito bacana!!!! Euzinha já estou aqui me perguntando “Como eu ainda não havia pensado em visitar o Azerbaijão?”Sério!!! Fui até ver onde fica no mapa. 😉 Se vocês quiserem saber mais sobre esse país basta clicar aqui que você encontrará todos os posts do Arquivo de Viagens. Aproveito para agradecer muitão a Luisa pela participação aqui no blog! “A Casa é Sua” e volte quando quiser!!! 🙂

E você, tem AQUELA cidade que te encantou durante uma viagem? Divida com a gente a sua experiência, é só responder essas cinco perguntinhas do texto, juntar algumas fotos e enviar para o e-mail zuca@zigadazuca.com.br. Será muito bacana tê-los fazendo parte do Ziga da Zuca.

Semana que vem tem mais post do A Sua Viagem pra vocês Pessoal!

Beijooo!

 

Fotos: Luisa – Arquivos de Viagem
Para ver quem já participou do A Sua Viagem, clique aqui.

 

Organize sua viagem com o ZigadaZuca:
Nós oferecemos apenas produtos que já testamos e que sempre utilizamos em nossas viagens.
Ao utilizar estas ofertas você não paga nada a mais, recebe um excelente serviço pelo melhor preço e ainda ajuda o blog.
.

        

Author: Natália Gastão

Fluminhoca (fluminense + carioca) experimentando a vida mineira em Belo Horizonte, fisioterapeuta, acupunturista e viajante. Apaixonada pelo Rio e por viajar, sofre de tensão pré e depressão pós viagem, não pode ver uma promoção de passagem aérea e quer ir para tudo quanto é canto.

Share This Post On

5 Comments

  1. Ah, que dor no coração me deparar com esse post hoje! É que passei o final de semana relendo os posts da Luisa sobre o Azerbaijão, mas aí ontem à noite resolvemos cortar o país do roteiro e ficar só com Geórgia e Armênia. Já tinha até reservado hotel em Baku… Como é difícil segurar a vontade de ver tudo ao mesmo tempo, né?

    Post a Reply
    • Posso ser egoísta, Camila? Que bom que vc cortou o Azerbaijão, assim vai poder ficar mais tempo nos países que eu tô doida pra conhecer! Você nem foi e eu já quero que você volte com muitas dicas!

      Post a Reply
      • Se somar os posts das duas, tenho certeza de que os três países entraram rapidinho na minha lista! 🙂
        E Camila, concordo que é muuuuito difícil segurar a vontade de conhecer tudo!
        Beijão!

        Post a Reply
  2. Obrigada pelo espaço , Natália! Adorei ter participado!
    ( e você é sempre gentil nos seus comentários! ☺️)
    Bjs

    Post a Reply

Mantenha este blog vivo, comente!