A Sua Viagem – Siem Reap

A coluna de hoje vem com uma cidade que eu tive o privilégio de conhecer no início deste ano quando eu estive no Camboja: Siem Reap. E quem vem falar dela, de um jeito todo especial, é a Thaís Freitas do ótimo blog Viajadora, que tem dicas muito bacanas de economia, cuidados pessoais, mochilão, além de falar das maravilhas dos cinco continentes pra gente ficar louco pra visitar!

Mas vamos ao que interessa!

 

1. Por que Siem Reap?

Siem Reap

Conhecer Angkor Wat (e os outros templos dessa cidade sagrada do Camboja) era um sonho para mim desde que o vi pela primeira vez em um filme que eu adoro do Indiana Jones. Além disso, a história do Camboja sempre me fascinou, por toda a questão do domínio do Khmer Vermelho nos anos 1970 e de como o país está se recuperando de um período tão difícil e ainda tão recente. Por isso, sabia que quando fizesse minha viagem pelo Sudeste da Ásia, teria de incluir Siem Reap no meu roteiro.

 

2. Em que bairro você se hospedou? Valeu a pena?

Siem Reap

Fiquei na área de Wat Bo, região central perto de muitos bares e restaurantes e relativamente próxima dos principais templos. Valeu muito a pena justamente por ser perto de tudo e permitir sair para comer ou beber sem a necessidade de usar alguma forma de transporte além das próprias pernas.

 

3. Suas três atrações preferidas.

1) Eu listaria todos os templos, mas vou apontar o de Angkor Wat como meu favorito, claro, porque era o objetivo principal da viagem;

Siem Reap

2) o Old Market, um mercado muito legal para conhecer o artesanato local;

3) e o Wat Thmey, um dos campos de extermínio (killing fields) do Khmer Rouge, o que apesar de ser algo meio mórbido e triste, é muito interessante para quem gosta de História e quer saber mais sobre o passado do país.

Siem Reap

 

4. O que te surpreendeu?

A simpatia do povo cambojano, que apesar de estar entre os mais pobres e sofridos do mundo, é extremamente gentil, alegre e prestativo.

 

5. Aquela dica que você daria a um amigo!

Siem Reap

Ir tomar uma cerveja gelada ouvindo rock alternativo no The Angkor What? Bar, um pub na região de Wat Bo onde os mochileiros se reúnem para festejar até altas horas. É muito divertido e bem barato!

 

E então gostaram das dicas da Thaís? Siem Reap e o Complexo de Angkor são realmente incríveis e recomendo demais a visita! Para saber mais detalhes sobre o Camboja e a Ásia, basta acessar o Viajadora que você sairá cheinho de dicas!

Você tem AQUELA cidade que te encantou durante uma viagem? Divida com a gente a sua experiência, é só responder essas cinco perguntinhas do texto, juntar algumas fotos e enviar para o e-mail zuca@zigadazuca.com.br. Será muito bacana tê-los fazendo parte do Ziga da Zuca.

Semana que vem tem mais post do a Sua Viagem pra vocês!

Beijooo!

 

*Fotos: Thais Freitas

 

Organize sua viagem com o ZigadaZuca:
Nós oferecemos apenas produtos que já testamos e que sempre utilizamos em nossas viagens.
Ao utilizar estas ofertas você não paga nada a mais, recebe um excelente serviço pelo melhor preço e ainda ajuda o blog.
.

        

Author: Natália Gastão

Fluminhoca (fluminense + carioca) experimentando a vida mineira em Belo Horizonte, fisioterapeuta, acupunturista e viajante. Apaixonada pelo Rio e por viajar, sofre de tensão pré e depressão pós viagem, não pode ver uma promoção de passagem aérea e quer ir para tudo quanto é canto.

Share This Post On

2 Comments

  1. Oi, Natália!
    Adorei, ficou muito legal! Obrigada pela oportunidade de participar desse blog que eu adoro! 😀
    Beijos

    Post a Reply
    • Eu que agradeço por você ter compartilhado as suas dicas com a gente!
      Volte quando quiser!!!
      Beijão!!!

      Post a Reply

Mantenha este blog vivo, comente!