Esquiar em Chillan – Uma alternativa ao Valle Nevado

Quando decidimos que queríamos passar uma semana esquiando, os preços nas estações mais famosas do Chile, como Valle Nevado e El Colorado nos desanimaram bastante, mas felizmente acabamos descobrindo algumas alternativas interessantes nas estações menos conhecidas como Pucón ou Chillan.

 
Acabamos optando por Chillan, por razões de logística, e descobrimos que as estações menos conhecidas podem ser muito interessantes, apesar de menos equipadas, nos guardam boas surpresas. Sem muitas atividades noturnas e longe do tumulto de algumas estações Chillan não é pequena, possui 11 teleféricos e 32 pistas e é uma das poucas estações onde se pode esquiar entre as árvores. Você pode ver o mapa das pistas aqui. A estação possui também algumas piscinas térmicas (com entradas à parte) e preços bem mais acessíveis, principalmente se levarmos em conta todo o conjunto: Alojamento, Ingresso da Pista, Aluguel de Equipamentos e Alimentação. Afinal, esqui é um esporte caro, mas não precisa ser tanto.

Cabana Rukapuken

Cabana Rukapuken

A Maneira mais comum de alojamento por lá são as cabanas, sempre em madeira, são bem equipadas, com quartos, sala, cozinha, etc. excelentes para alojar mais pessoas, mas também é possível encontrar hostels e quartos para uma ou duas pessoas.

Caminhando ao longo da estrada, é fácil encontrar lojas que alugam os equipamentos, roupas, luvas, capacetes, ou qualquer coisa que você possa precisar. Mas é bom pesquisar os preços, pois variam muito e também pedir um desconto se for ficar mais dias.

Alugando o Snowboard

Alugando o Snowboard

Chillan fica a 450Km de Santiago, então optamos por ir de avião até Concepcion, para ganhar tempo e na volta experimentar as 5-6 horas de ônibus para Santiago. Escreverei em seguida um post explicando todos os detalhes sobre como chegar, onde ficar, etc. Por hora vamos contar a nossa experiência em Las Trancas e nas pistas de Chillan.

Muita neve na chegada

Muita neve na chegada

Nossa chegada não parecia nada promissora, tivemos que parar na estrada para colocar correntes no carro, que não conseguia mais enfrentar a neve que caía. O tempo ficou assim por dois dias, mas por sorte abriram dias lindos em seguida, e a neve fresca além de bonita é muito boa para esquiar. As cabanas aconchegantes e quentinhas também ajudaram…

Após a neve nas cabanas

Após a neve nas cabanas

 

Cadê a coragem para enfrentar a pista?

Cadê a coragem para enfrentar a pista?

As termas, ou Nevados de Chillan, ficam a cerca de 80km de Chillan, num vilarejo chamado Las Trancas, é realmente um pequeno aglomerado, ou sequer isto, porque as casas ficam espalhadas ao longo da estrada, mas tem bons restaurantes, alguns minimercados, boas acomodações e muitos locais para alugar equipamentos. É tudo o que você vai precisar, afinal ao final do dia na pista a gente está tão quebrado que não costuma se aventurar muito, um banho, um quarto quente e um bom vinho no jantar é o complemento perfeito de um bom dia na neve.

Valle Las Trancas

Valle Las Trancas

A estação de Chillan, apesar de ser menos conhecida e com menor infraestrutura, é excelente, por ser mais baixa dos que as demais estações possui alguns bosques, que permite que as pistas serpenteiem entre as árvores, ou que os mais animados se embrenhem cortando caminho pelos bosques, é uma situação bem interessante para quem se cansa um pouco das pistas retas e áridas como em El Colorado.

Nevados de Chillan

Nevados de Chillan

 

Muitas árvores no Início da subida nos Nevados

Muitas árvores no Início da subida nos Nevados

Também é um pouco mais vazia, com menos tumulto, mas isto faz com que ela seja muito utilizada como local de treinamento de equipes de diversos países (já que é verão no hemisfério norte), nós nos encontramos com equipes da Rússia e do Canadá. Embora eles treinem normalmente em áreas demarcadas também circulam por toda a estação, então, se estivermos na parte alta, nas pistas mais avançadas (vermelhas e pretas) as vezes tomamos uns sustos com a velocidade que eles passam por nós. E olha que eles descem bem “mais lentos” fora das áreas de treino.

Nevados de Chillan

Nevados de Chillan

Aqui fica a mais longa pista de esqui da américa latina, a Tres Marias possui 13km e não é uma pista difícil, os iniciantes podem se aventurar sem problemas (azul).

No topo da Montanha

No topo da Montanha

A subida é looonga e muito fria, é preciso subir o teleférico Otto, descer esquiando pela pista até o Snow-Park e pegar o teleférico Mirador.

No Caminho da Tres Marias

No Caminho da Tres Marias

Teleférico Mirador

Teleférico Mirador

Teleférico Mirador

Teleférico Mirador

Mas vale muito à pena, o visual é lindo e a pista, por ficar na parte mais alta da montanha, tem a neve mais fofa e menos “socada”, logo é muito mais divertida e confortável além de mais macia nos inevitáveis tombos (Não que a gente caia!).

No topo da Montanha

No topo da Montanha

Ela possui uma inclinação excelente, com apenas alguns taludes eventuais, para dar emoção, mas em quase toda a extensão ela consegue ser divertida sem dar medo e a neve fresca lá de cima ainda permite umas brincadeiras fora de pista muito bacanas (Mas cuidado com as pedras, só vá se você já conhecer o local ou onde já existem marcas!).

Teleférico Wenche

Teleférico Wenche

A parte intermediária da estação é mais tradicional, com algumas pistas mais largas e retas, e na parte de baixo temos as pistas mais fáceis e muito mais árvores também! Mas fique tranquilo, não vai ter nenhuma árvore no meio da pista, se você encontrou com uma, deve ter feito algo errado!

Subindo

Subindo

Teleférico Wenche

Teleférico Wenche

Para quem está de Snow as pistas verdes (as mais fáceis) da parte de baixo chegam a ficar muito lentas a ponto de muitas vezes termos que “empurrar” a prancha, já que não temos bastões, o que acaba ficando bem chato. É comum ver alguém balançando na prancha para ganhar um restinho de velocidade antes de parar. Então recomendo permanecer nas azuis, se você já sabe ao menos se mexer no snow, elas também são bem suaves mas não nos deixam empacados! Na dúvida, no setor de baixo, em qualquer encruzilhada que você encontrar, para esquerda estão as pistas azuis e na direita as verdes, não tem como errar!

Esqui no Bosque

Esqui no Bosque

A comida na estação não é o forte, algumas sopas ralas, uns sanduiches (Que chamam churrasco e me pareceram a melhor opção), burritos e batata frita. Também não é muito barato (em torno de 25 reais), mas é grande o suficiente para segurar o dia e afinal a gente tá querendo voltar para a pista mesmo…

Embora não seja longe, cerca de 8Km, não dá para ir à pé para as pistas, mas existe um ônibus local que faz o trajeto e você pode tentar a sorte subindo de carona, ou a dedo! Na maioria das vezes acabávamos pegando uma carona antes de o ônibus passar, muitas vezes na caçamba de camionetes, mas o trajeto é curto e tranquilo. Bom, é frio, muito frio lá fora…

Tava muito frio na caçamba!

Tava muito frio na caçamba!

Nevados de Chillan
Fica a 84Km de Chillan e 190Km de Concepcion, e o centro de Esqui está a 1.550 metros de altitude.
A pista possui 32 pistas, com 9 lifts (5 cadeirinhas e 4 de arrasto) e uma área esquiável de 10.000 hectares.
Entre elas está a pista 3 marias, a mais longa pista da América do Sul, com 13Km de descida.
Altitude média 1540 a 2400m
As pistas ficam abertas das 9:00h até as 17:00h.
Você pode conferir a previsão do tempo nas pistas aqui.

O ônibus desce da pista às 16:30h, mas melhor não arriscar e chegar muito em ciima da hora e cabar à pé!. Pode parecer cedo, mas para quem chega logo depois das 9, dá pra fazer muita coisa, e cansar bastante também.

Os cães da cidade são algo a parte, não sei se se entediam com o pouco movimento, mas costumam sempre caminhar ao lado de quem vai pela estrada, e as vezes recebem um carinho e se apegam! Este ficou conosco por dois dias, ficava lá fora esperando a gente jantar, ir no mini-mercado, etc. e no dia seguinte estava lá, esperando o ônibus com a gente, mas quase nos mata de dó, pois quando subimos no ônibus ele não queria nos abandonar e ficou correndo pela estrada até literalmente não aguentar mais. Ô bixinho!

Nosso colega!

Nosso colega!

De noite é hora de comprar algo nos mini-mercados (mini mesmo!), só o essencial, pois não vai rolar sair de noite para comer, além de gelado e longe, vai estar tudo fechado depois da 22h. E de buscar um restaurante, vinho e comida quente!

Los Trineos

Los Trineos

Nossas experiências foram muito boas. Encontramos o Pampa no Los Trineos, um argentino simpaticíssimo que estudou teatro no Rio de Janeiro, jura que torce para o Fluminense, mas desde que não jogue contra o River. Quando chegamos o restaurante estava fechado, mas o Pampa se prontificou a preparar “algo rápido” para nós (às segundas-feiras quase todos fecham).

O Pampa

O Pampa

Comemos muito bem por lá, comida simples, mas muito bem feito e com preços bem razoáveis. Acabamos voltando no dia seguinte! Recomendamos o Chupe de Jaiba (um caldeirãozinho de carne carangueijo) e o Porco com Batatas, assim como a manteiga de pesto que ele traz antes para acompanhar os pãezinhos.

A cerveja da cidade – Las Trancas – também é muito boa para quem gosta de sabor mais encorpado!

Chil-In

Chil-In

 

Experimentamos o Chil-in, que fica junto a um hostel com mesmo nome, e tem uns “menus” combinando entrada, prato e sobremesa que são interessantes, ficam num valor intermediário e tem um pão quentinho com pasta de tomates de tira gosto, que vale a visita.

 

Snow Pub

Snow Pub

O Bistrô Snow Pub, é um local um pouco mais caro, mas com a comida mais requintada, para quando precisamos de um “respiro” no clima rústico da montanha.

Snow Pub

Snow Pub

 

 

Organize sua viagem com o ZigadaZuca:
Nós oferecemos apenas produtos que já testamos e que sempre utilizamos em nossas viagens.
Ao utilizar estas ofertas você não paga nada a mais, recebe um excelente serviço pelo melhor preço e ainda ajuda o blog.
.

        

Author: Zucos - Colaboradores ZigadaZuca

Os colaboradores do ZigadaZuca contribuem com suas experiências, dicas e roteiros, sempre segundo a linha editorial do blog de publicar apenas experiências efetivamente vividas pelos autores e contam com a supervisão e respaldo do blog.

Share This Post On

31 Comments

  1. Zucos, estou indo pra chillan em agosto. Estou decidindo entre ficar em um dos hotéis ski in n out ou em um hostel próximo, pois vou esquiar sozinho. O que vc recomendaria? Quanto custa o ticket da montanha por 7 dias? Talvez faça valer ficar em um dos hotéis da estação. Obrigado. Abraço. Marcelo.

    Post a Reply
    • Olá Marcelo,
      Se a questão for apenas econômica, normalmente não vale a pena, pois os hotéis que dão direito ao passe, são apenas os de dentro das Termas (in/out) e o valor das diárias lá é bem mais elevado – na alta temporada um quarto duplo simples chega a cerca de 400 dólares (Na temporada baixa é possível encontrar a partir de 280 dólares). E você encontra quartos muito interessantes por cerca de 100 dólares em Las Trancas.
      O passe dos teleféricos custa 74 dólares por dia na temporada alta e 56 dólares na baixa, para o passe semanal os valores são US410/308 (Todos os valores são da temporada de 2014).

      Claro, existe o conforto de estar ao lado da pista, poder aproveitar até o final do dia e estar a alguns passos do hotel. Tem seu valor isto!
      Então vai depender muito de quantas pessoas são, qual estrutura possuem e quanto pretendem gastar.

      Se estiverem em um grupo maior (4 ou 5) existem excelentes cabanas que podem abrigar a todos por um preço muito interessante e se tiverem um carro alugado não ficam dependentes
      do ônibus para subir e descer (e de seus horários).

      Você pode encontrar maiores informações sobre os preços de hotéis aqui: http://nevadosdechillan.com/newsite/alojamiento/tarifas-nevados/ (Valor por pessoa/dia)
      e sobre os preços dos passe aqui: http://nevadosdechillan.com/newsite/ski-pass-2014/

      Espero ter ajudado!
      E bom esqui para você!

      Post a Reply
      • voce tem duas opçoes . se estar in iciando va ate o mountain park , cruze a entrada em direçao aoes por equipamemnto e lifting restaurante, la tem dois liftings paga 19000 clp uns 100 reias a, muito barato. para quem esta começando vale a pena. e o nevadas de chillan ja sai 32000 so o lifting o equipamento masi 17000, entao se tem experiencia e quer mais pistas nevada , se esta começando pode ir ao mountain park, agora em las trancas aluga tudo por 10000, equipamento.

        Post a Reply
  2. Gente, amei esse relato!
    Eu sou louca pra esquiar, mas sempre me assusto muito com os preços! Acho que nasci meio pobre pros meus gostos ahaha

    Ótimo saber desta alternativa!

    Beijos.

    Post a Reply
    • Olá Dani,

      Sim, esquiar é ótimo, mas os valores assustam sim.
      Então a gente vai encontrando nossos meios de amenizar, e ir para Chillan pode ser bem interessante nesta situação, principalmente se for em um grupo. Alugar uma cabana com 4, 5 pessoas sai muito mais barato e se precisar cozinhar elas são bem equipadas.

      Eu, por exemplo, como pretendo voltar mais vezes, comprei minhas botas de Snowboard (é possível encontrar usadas em excelente estado por cerca de 200-250 reais) porque alugar apenas a prancha sai bem mais barato, principalmente fora das lojas “oficiais”.

      Mas não desista, se programando bem é viável e é uma experiência apaixonante. Depois resta ficar de pé no esqui… mas aí, mais do que nunca, não desista! hehe!

      Abraços!

      Post a Reply
  3. Nossa, que bom que encontrei esses 2 posts sobre Chillán! Como é difícil encontrar informações sobre esse lugar!
    Eu tenho muitas dúvidas de marinheira de primeira viagem, hehe. Na verdade, esquiei muito rapidamente em Bariloche há 4 anos. A neve tinha acabado de cair e a gente já ia embora. Não lembro muita coisa…
    Agora quero passar os dias 28 e 29 de junho em Las Trancas, indo os dois dias pra Nevados (detalhe: vou sozinha).
    Veja se vc pode me ajudar em alguma coisa:

    1) Tem um ingresso pra entrar no complexo Nevados de Chillán ou é só comprar o skipass?
    2) A aula coletiva de ski de 3h tem horário certo pra começar? Vale a pena? Vi que em 2014 a coletiva de 3h era 40.000 pesos e a particular de 1h era 50.000. Será que em 1h dá pra aprender o básico?
    3) Você alugou as roupas de ski em Las Trancas ou vale a pena comprar em Santiago (devo ir 2 dias pra Nevados e 1 dia em Farellones sem esquiar)?
    4) Se eu não quiser esquiar, eu tenho que pagar o skipass? Pra chegar ao Parque de Agua, pelo que entendi, tenho que usar o andarível. Aí teria que pagar o skipass por causa disso?
    5) Você lembra quanto era o aluguel daquelas motos? Não achei no site. Aquilo se faz com calçados normais?
    6) Tem caminhadas ao vulcão no inverno? Sabe quanto era e se tem que usar algum calçado especial?
    7) Pensei de no primeiro dia ficar só esquiando. Será que já dá pra encarar as Três Marias logo no primeiro dia? Queria subir o Otto e ver a paisagem lá de cima. Mas não sei se eu vou conseguir descer esquiando só com a aula e o treino na pista de iniciante. Será que dá? E dá tempo de fazer tudo isso em 1 dia: chegar de ônibus, comprar os tickets, ter a aula, treinar, almoçar qualquer coisa, subir até as 3 Marias e descer até às 16h, quando passa o ônibus da volta?
    8) No segundo dia, pensei em fazer outras coisas que não esquiar: pegar esse aluguel de moto (se não for caro), fazer a caminhada ao vulcão e ir ao Parque de Agua. Uma dessas botas de trilha impermeáveis dá pra andar na neve ou tenho que alugar um calçado especial?

    Mais umas perguntas sobre o traslado:
    9) Vou ver um jogo da Copa América em Concepción dia 27, que deve terminar às 20h30. Você disse que tem ônibus de Conce pra Chillán de 30 em 30 min. Será que às 21h, 21h30 ainda tem? Essa Línea Azul infelizmente não tem como ver os horários pela internet!! E a Turbus tem horários horríveis!! Aí tô preocupada. Se isso não der certo, já era…
    10) Quanto tempo leva de Chillán a Las Trancas? Pensei de dormir em Chillán e pegar o primeiro horário pra Las Trancas (6h50, espero que no domingo também tenha esse horário). Dá tempo de chegar, deixar a mala no hostel e alugar o ski até o ônibus das 9h15 passar?

    Nooossa, que questionário!! Tô com vergonha!! Hahaha!
    Bom, responda o que vc puder, por favoooor!! É que essa parte da viagem tá muito difícil de planejar!!
    Obrigada!

    Post a Reply
    • Olá Paula,

      Realmente existe muito pouca informação a respeito de Chillán e a proposta destes posts era exatamente reunir tudo o que eu consegui organizar para servir de guia a quem se aventurar a descer um pouco mais no Chile em busca de um bom esqui!

      1 – Não existe um ingresso para o Complexo, mas na área das pistas não é permitido caminhar (sem equipamentos), então teoricamente só se entraria ali com o skipass. Apesar de o complexo ter banhos termais, restaurantes e áreas de hospedagem, a atração principal são as pistas!

      2 – Eu não fiz aulas em Chillan, na verdade nunca fiz aulas e ainda mudei para o Snowboard por causa dos meus joelhos, fui caindo e levantando, pegando instruções com as pessoas ao lado, mas a aula pode ajudar bastante, principalmente se tiver pouco tempo. Chillan possui uma pista na base que é uma grande descida pouco inclinada, larga e reta, excelente para iniciantes. Então em uma hora dá pra pegar uma base e ir treinando ali.
      A Natália fez aula coletiva no Valle Nevado, e parece que com muita gente acaba-se perdendo muito tempo esperando todos estarem no mesmo ritmo.

      3 – Compramos (faz tempo), no Brasil, pela internet mesmo, umas calças impermeáveis da Trilhas e Rumos (climatic) que funcionaram muito bem. Como fazemos exercício não é tão frio quanto parece, e uma calça de malha por baixo dela fica excelente. Depois trocamos por uma melhor, mas a diferença é pequena. E o casaco usamos destes de frio, impermeáveis que servem para se usar no dia a dia em países frios, como Curtlo, Quechua, etc. Não sei sobre os valores de aluguel de roupas, nem se são facilmente encontráveis, mas se costuma viajar ou se pretende usar outras vezes, vale à pena comprar pois o aluguel dos acessórios é bem caro. Isto vale para luvas, capacete e óculos também. Os preços geralmente encontrei melhores em Santiago, mas não custa dar uma olhada no site da Decathlon.

      4 – Se não for esquiar não precisa comprar o Skipass. O acesso ao complexo, por carro, possui duas entradas, uma mais baixa na Plaza Tata e outra mais acima, na Plaza Tio Willy ao lado de onde vai encontrar o Parque de Água. Entretanto os ônibus param apenas no estacionamento de baixo. Eu não visitei os banhos termais, mas pessoas que encontrei lembraram apenas de que é preciso levar suas toalhas, etc porque eles não fornecem muita coisa.

      5 – Também não alugamos as snowmobiles, embora seja um dos locais famosos por oferecer estes passeios, eu sempre acho o tempo curto e aproveito ao máximo para esquiar, e acredito que se evoluir um pouquinho, vai começar a curtir e querer voltar sempre também.

      6 – Existem algumas agências e mesmo os próprios hotéis do complexo, que realizam alguns passeios, e quando necessário alugam raquetes de neve (para caminhar). Existem passeios ao vulcão e a alguns mirantes, mas não sei nada a respeito de preços nem se acontecem sempre.

      7 – As Três Marias não são muito difíceis não, possuem apenas alguns pequenos trechos mais íngremes, ela é longa mas tranquila. Se estiver se sentindo à vontade nas pistas debaixo, eu recomendo muito! Ela é muito gostosa e o visual é lindo! Sobre o tempo, os tickets a gente compra na entrada mesmo, e as estações servem comidas rápidas que a gente acaba combinando com alguma parada estratégica para descansar, aquecer, etc. (São necessárias!). Então, se estiver animada, tempo dá! Entretanto não é sempre que os teleféricos estão abertos até lá em cima, depende muito do vento.

      8 – Normalmente você consegue alugar tudo o que for preciso, entretanto… eu sei que sou suspeito, mas passaria os dois dias esquiando! Talvez tentaria as termas após o fechamento das pistas (resta saber como descer!).

      9 – Existem ônibus noturnos sim, só recomendaria comprar com antecedência, você pode tentar na http://www.turbus.com ou http://www.busesbiobio.cl (no site deles o último é 22:45) e também tentar programar sua saída, pois a saída do jogo pode ser um pouco demorada.

      10 – Sim, é possível, o ônibus leva um pouco mais de 1:30 até Las Trancas. O ônibus que sobe até os Nevados sai de Chillan às 7:30, e na pior das hipóteses, você pode ir com as malas até a estação e deixar nos guarda-volumes. Se achar muito arriscado tem o transfer, como o do Ramiro, sai mais caro, mas as vezes conseguimos salvar um dia de viagem.

      Boa viagem e bom esqui!

      Post a Reply
      • Muito obrigada pelas respostas detalhadas, Zucos! Hehe!
        Mandei uns e-mails e descobri que o ônibus das 6h50 não funciona no domingo. Ou seja, vou ter que pegar o das 7h50 direto para Nevados. Será que pelo menos dá pra parar e deixar a mala no hostel (que é bem do lado da estrada)? Um gasto a menos. Aí teria que alugar os equipamentos e roupas lá em Nevados mesmo. Será que são muito mais caros?
        Ou então peço carona. Você não acha perigoso uma garota sozinha fazer isso? Ou é super normal? Sei lá, tenho medinho…
        Ou então tem a opção de deixar o dia sem esqui pra esse primeiro (se bem que agora não sei se quero um dia inteiro sem ski! hehe). Descobri uma agência que faz uma caminhada de meio dia ao vulcão por 20.000 pesos, com transporte e raquetas se precisar, e que sai às 10h… E depois poderia ir ao Parque de Agua… e não sei mais o quê. O ideal seria fazer esse passeio bem cedo no outro dia, pra aproveitar o resto do dia pra esquiar…
        Ah, o último ônibus de Conce para Chillán é às 20h55. Vou ver se chegando lá no terminal tem um mais tarde, mas por enquanto é essa info que tenho. Vou ter que sair mais cedo do jogo (espero que não empate e tenha prorrogação ou pênaltis).

        Marcel, vais quando pra Chillán? Vou dias 28 e 29 de junho. Aliás, espero que esteja bem nevado e com a estação funcionando! Imagina se não!! Perdi um tempão pesquisando isso! Hahaha!

        Post a Reply
        • Olá Paula,

          Infelizmente o ônibus apenas para na estrada para subida ou descida de passageiros, não costumam esperar ninguém. A não ser que consiga combinar para alguém do hostel lhe encontrar na estrada e recolher a mala para você.

          Não é nem tanto a questão de gastar menos, mas de ser o único ônibus que sobe para as pistas, perdendo ele só de carona, ou “a dedo”, como dizem. Bom, existem os transfers privados, mas são bem mais caros…
          Mas o lado bom é que a carona lá me pareceu muito tranquila (pra quem não se importa de esperar um pouco), e tem muita gente pegando na estrada e a estrada ali praticamente só vai para as pistas, então quase todo mundo subindo está indo esquiar, é tranquilo!

          Os equipamentos eu achei mais baratos em Las Trancas, mas também variam bastante de preço e dá pra dar uma chorada se for pegar por mais dias – no outro post sobre Chillan eu conto minha experiência lá.

          Depois deixe os links ou as informações sobre o passeio por aqui, quem sabe mais alguém pretende se aventurar no vulcão!

          Você não encontrou os ônibus noturnos lá na http://www.busesbiobio.cl ? Eles têm até às 22:45!

          E apenas os teleféricos mais altos costumam fechar em caso de vento, a parte do meio para baixo da estação geralmente permanece aberta.

          Abraços e boa viagem!

        • Recebi um e-mail da REM Bus e parece que na temporada alta (que começa dia 25/06, ufa!) tem sim o horário das 6h50! Então, problema resolvido.

          Na verdade descobri que essa caminhada não é até o vulcão não. Hehehe… É um trekking de meio dia (10h – 14h) por 20000 pesos até o rio de lava e de onde tem uma linda vista para o vulcão. Parece legal, mas não é no Nevados de Chillán, mas em Las Trancas, pelo que entendi.
          A caminhada para o vulcão mesmo é difícil (mais para “deportistas”) e dura 8 ou 9h.
          E o que também tem são caminhadas para as fumarolas (que não é no mesmo local do vulcão, segundo me explicaram). Estas partem do centro de ski e deve ser o que os hóspedes dos hotéis ali fazem.
          A empresa que faz esses 3 trekkings é a Evolution 2 (e-mail: evo2.andes@gmail.com).

          Esse horário de 22h45 é da chegada em Chillán do ônibus que sai de Conce às 20h55. Pra vc aparece diferente? Sei lá, esse site deles é uma porcaria. Não aparece os horários da volta… Vai que tem um horário de ida mais tarde né? Só vendo na hora… De todas as companhias que consegui ver os horários, esse era o mais tarde, mas tenho esperança de que tenha um mais tarde.

        • Ola Paula,

          Realmente tava achando meu curta esta caminhada para chegar até o topo do vulcão… o único que subi (Villarica) quase fiquei pelo caminho de tão quebrado, mas cheguei!!!

          Bom, fica o contato aí para os que se animarem, parece um passeio bacana.

          E, me desculpe, realmente o último da Biobio é 20:55h, mas a Turbus tem um 1:30h da manha, que chega as 3:00h em Chillan. Pode ser uma saida, dá tempo de comemorar bastante depois do jogo!!

          Abraços

      • o onibus tem dois horarios 7.50 e 13,20 para sair de chillan. agora muito melhor , mais agradavel ficar em Las trancas.

        Post a Reply
    • Nossa Paula vou fazer a mesma coisa com minha esposa…kkkk…muito legal ela me acha um louco…comprei falando que o Brasil ia passar em primeiro…vamos pra santiago quinta, depois dormimos 26 e 27 concepcion e vamos 28 e 29 las trancas, legal …vamos nos esbarrar por la kkkk

      Post a Reply
  4. Olá Zucos! Primeiramente, parabéns pelo blog. Muito informativo e enriquecido ainda mais com os comentários e respostas.
    Eu também vou esquiar pela primeira vez (na verdade farei snow, também por causa dos joelhos) e as dicas que vc deu para a Paula também me ajudaram. Além destas, eu acrescento mais umas dúvidas para vc me ajudar :

    1- Qual o melhor trecho ou pista para se aprender snowboard em Nevados?

    2- Existe algum local para se aprender snow ou esqui em que não haja necessidade de se pagar o skipass?

    3- É possível chegar ao restaurante Pillán (alto da montanha) sem equipamento de esquis ou snow? E em caso de se subir de esquis para lá, é possível descer com os andaríveis ao invés de encarar a montanha?

    É só isso tudo! rss
    Obrigado e boas próximas viagens!

    Post a Reply
    • Obrigado Marcel,

      Todas as pistas da parte baixa dos nevados são para iniciantes, mas se você realmente não tem nenhuma experiência com o snowboard, chegando pelo estacionamento superior, na Plaza Tio Willy, você encontra uma larga, reta e quase plana área de escola. Para usar o teleférico (de arraste) da escola você precisa do skipass, ou pode encarar a subida à pé.
      Para o restaurante Pillán você precisa subir pelos teleféricos. Algumas pistas permitem que você suba apenas para apreciar a vista e desça pelos teleféricos, mas em Chillan não vi ninguém fazendo isso. Mas se não conseguir negociar a descida e estiver esquiando um pouquinho melhor recomendo pegar o teleférico Mirador e descer pelas Três Marias, que não é uma pista difícil não, ela tem alguns pequenos lances mais íngremes, mas em último caso você pode caminhar estas partes, por fora.

      Abraços e boa viagem!

      Post a Reply
      • Zucos, obrigado pela resposta. Mais uma informação que não encontrei nos outros blogs:

        Quanto tempo um iniciante (ritmo mais lento) leva para completar a descida das Três Marias, já que se tratam “somente” de 13 Km? 🙂

        Obrigado, Abraços.

        Post a Reply
        • Olá Marcel,
          Eu também não sou nenhum expert, principalmente com o snowboard, e devo ter levado cerca de meia hora para descer, mas é bom contar com o tempo de subida também, pois são três teleféricos para chegar até lá (a partir da Plaza Tio Willy, 4 a partir da Tata) e temos pelo menos uma meia hora gasta aí também. Se está iniciando acho razoável contar uma hora e meia para todo o trajeto.
          Outra dica, se estiver de snowboard e for usar as pistas para iniciantes na parte baixa, tenda a ir pegando as opções da esquerda nas bifurcações (Zorritos e Barril) pois pela direita, como o snow tem mais arrasto e não temos os bastões para empurrar, acabamos ficando parado nas pistas muito planas como a Bosque Nevado Bajo.
          Abraços e aproveite a neve!

  5. Parabéns, tudo muito bom!

    Post a Reply
  6. bom dia Zucos,
    Qual a media de preço para aluguel, prancha de snowboard, calça e luvas, obrigado.

    Post a Reply
    • Olá Romulo,

      O aluguel do equipamento completo (esqui+botas+bastão ou prancha+botas) varia entre 16.000 e 20.000 pesos. Os acessórios como luva, óculos ou capacete custam entre 4.000 e 5.000 pesos cada um. Mas tudo varia em função do número de pessoas ou de dias que vão alugar e da quantidade de peças. Peça sempre um desconto pois é possível conseguir preços bem mais interessantes do que a primeira oferta (principalmente para vários dias/pessoas).

      A roupa eu não lembro dos valores de Chillan, nem lembro se tinha fácil para alugar, mas tirando pelos preços de Santiago, eu esperaria gastar entre 10.000 e 11.000 para a vestimenta (casaco+calça).

      Abraços,

      Post a Reply
  7. Obrigado, tive uma experiencia otima em Chillan. Vamos voltar certamente.

    Post a Reply
    • Que bom Romulo,
      Chillan é mesmo bem divertido!

      Volte sempre!

      Post a Reply
  8. Bom dia Zuco, estou indo para chillan com a minha família para esquiar semana que vem. Vamos nos hospedar em Chillan, mas não entendi o funcionamento dos ônibus de chillan para a estação de esqui. Você poderia dar uma mãozinha pra gente? Valeu

    Post a Reply
    • Olá Matheus,

      No segundo post eu explico certinho as questões práticas sobre hospedagem e transporte em Chillan: http://zigadazuca.com.br/2014/10/nevados-de-chillan-como-chegar-se-hospedar-etc/

      De qualquer forma, você terá dois ônibus diários para as pistas, às 7:50 e 13:20, existem diversos outros horários dos Rem Bus, mas eles param em Las Trancas, apenas estes dois sobem até as pistas.
      Os que vão até as pistas, normalmente, são dourados e os outros prateados.

      Bom, como imagino que vão querer passar o dia todo nas pistas, precisam pegar este de 7:50 que chega cerca de 9:30h lá e o último que desce é as 16:30h

      Estes ônibus vão te deixar na porta da estação.

      Eles partes do Terminal La Merced em Chillan: Calle Maipón 890, Oficina 15, Terminal la Merced, Chillan

      Boa viagem e aproveite!

      Post a Reply
  9. Olá Zucos,
    Como é a questão do cambio? Você trocou em Santiago ou em Concepcion? Será que é tranquilo trocar em Concepcion?
    Decidimos ir esquiar de ultima hora no feriado de setembro, então vai ser bem corrido e vamos de avião pra Concepcion com conexão em Santiago, mas é uma conexão bem rápida, acredito que não dá tempo de fazer cambio.

    Post a Reply
    • Olá Débora,
      Embora em Santiago seja realmente mais fácil você não deverá ter problemas para trocar em Concepción.
      Procure a Galeria Internacional, na Rua Barros Arana, entre a Rengo e Caupolicán, lá você encontrará algumas casas de câmbio.
      E também nas ruas ao redor existem outras casas.

      Normalmente abrem de segunda a sexta, das 9:00 as 18:00 horas e sábados até as 14h.

      Abraços e boa viagem!

      Post a Reply
      • Esse é o problema, chego em Concepcion sábado 19hs =(
        Minha conexão em Santiago é de 2 horas, será que dá tempo de trocar no aeroporto? Sei que vou perder dinheiro, mas acho que é o único jeito

        Post a Reply
        • É, nesta situação realmente é melhor tentar no aeroporto em Santiago. Não serão as melhores taxas, mas é mais garantido e com certeza deve ser melhor do que em Chillan.
          Eu só recomendo tentar desembarcar (se o tempo permitir) e buscar casas de câmbio na parte externa do Aeroporto. Mas eu não conheço nada para te indicar de lá.

          Abraços e boa sorte!

  10. Já faz meses que eu e meu marido estamos planejando a viagem pra chillan com pouquíssimas informações, faltando um dia pra irmos para Santiago (primeira parada) encontramos o site para ainda assim ajudar! Muito obrigada pelas dicas!!! Estou ainda mais empolgada!!

    Post a Reply
  11. Olá, tenho muitas duvidas no que diz respeito a valores das pistas e como comprar os tickets em Chillan. Na verdade, minha dúvida é se vou pra Santiago ou Chillán é mais em conta. Se puderes me dizer quanto tu gastou mais ou menos entre a pista e o equipamento (que li que no teu caso foram só as botas, mas pra ter uma base) seria genial.
    Valeeeu!

    Post a Reply

Mantenha este blog vivo, comente!