Chapada dos Guimarães: Visita à Cidade de Pedra

Na semana passada, eu finalmente tive a oportunidade de conhecer o lugar de onde conseguimos ver os paredões da Chapada dos Guimarães. O nome dele é Cidade de Pedras, e fica distante 28 km do Centro de Chapada. A presença de um guia é obrigatória, bem como é recomendável ir num veículo 4×4, sendo assim, nós optamos por fazer o passeio através de uma agência local. O carro da agência nos deixou quase que na “boca do gol” e a trilha de 2 km é super tranquila, sem exigir muito esforço de ninguém.

Logo no primeiro mirante dá para ter uma pequena ideia da imensidão da Chapada e de como somos pequenos.

Cidade de Pedras

Seguimos para os próximos e fomos surpreendidos por várias araras voando e gritando em pares perto dos paredões. – Como elas estavam distantes da gente, só deu pra ver direitinho pelo binóculo, ou seja não temos fotos decentes delas.

Cidade de Pedras

Cidade de Pedras

Cidade de Pedras

Cidade de Pedras

Com muita boa vontade, a gente consegue ver as tocas das araras nos paredões.

Cidade de Pedras

É muito, muito maneiro estar lá e ser presenteado desse jeito com pelo menos 16 araras fazendo festa, num cenário tão lindo quanto esse.

Protetor Solar

Câmera Fotográfica

Tênis

Boné

Água

Guia: Manuela

Contato: 65 9943-5651 (whatsapp ou cel) e/ou manulaurindo@gmail.com

Preço: a partir de 3 pessoas, R$ 50,00 cada.

E como se não bastasse tanta beleza, ainda fomos contemplados com esse pôr do sol clássico do Cerrado, na volta para a cidade!

Cidade de Pedras

Só tenho uma coisa para dizer: Recomendo demais!

 

Obs: Nos finais de semana as visitas auto guiadas são permitidas no horário entre 15 e 16:30h, com saída até às 17h. É necessário o agendamento da visita até às 11h do dia do passeio, através do telefone 65 3301-1133 ou e-mail:  pncg.mt@icmbio.gov.br. Maiores informações no site do Ecobooking.

 

Organize sua viagem com o ZigadaZuca:
Nós oferecemos apenas produtos que já testamos e que sempre utilizamos em nossas viagens.
Ao utilizar estas ofertas você não paga nada a mais, recebe um excelente serviço pelo melhor preço e ainda ajuda o blog.
.

        

Author: Natália Gastão

Fluminhoca (fluminense + carioca) experimentando a vida mineira em Belo Horizonte, fisioterapeuta, acupunturista e viajante. Apaixonada pelo Rio e por viajar, sofre de tensão pré e depressão pós viagem, não pode ver uma promoção de passagem aérea e quer ir para tudo quanto é canto.

Share This Post On

6 Comments

  1. Desejo muito conhecer, mas ainda não tive oportunidade. As rochas lembram muito as formações rochosas de minha cidade natal, Caçapava do Sul – aquelas que aparecem na série Animal no GNT. Show de relato. BjO!

    Post a Reply
    • Eu tenho muita vontade de conhecer a região dos Aparados da Serra no Rio Grande do Sul, Paula!
      Acho aqueles cânions incríveis!!!
      Beijão!

      Post a Reply

Mantenha este blog vivo, comente!