Croácia em carro alugado!

Olá Pessoal! Não é que o Ziga da Zuca voltou a publicar? Desculpe a todos pela ausência… Mas devagar as atividades Zuquísticas serão devidamente retomadas! Pra começar, resolvi escrever sobre uma viagem para lá de especial: A Croácia, que por sinal também foi a minha lua de mel. É que apesar do blog estar paradinho, euzinha não estava, então nos últimos meses escrevi uns quatro e-mails para as amigas que precisavam de dicas da Croácia. Claro que juntando uma coisinha aqui e outra ali o conteúdo ficou bacana e eu resolvi publicá-lo para dividir com vocês também.

Dubrovnik

Depois de deixar a Itália, a segunda parte da nossa lua de mel foi na bela Croácia… País lindo, receptivo, cheio de balneários e cidades medievais. Rodamos o país de carro, começando pelo sul em Dubrovnik e subindo até Rovinj, foi muito legal admirar paisagens tão diferentes que iam de cachoeiras ao mar azul super transparente, que em geral banhavam muros de cidades antigas ou nos acompanhavam pelas estradas.

Nosso roteiro ficou dividido assim:

Dubrovnik3 noites

Hvar3 noites

Split1 noite (ficaria mais, não tanto pela cidade, mas para descansar)

Korenica (Lagos Plitvice) – 2 noites

Rovinj – 2 noites (essa cidade não estava no roteiro e é pouco falada, não vi em nenhum blog, mas um amigo sugeriu e amei! É uma cidade bem turística e cheia de italianos, fica na Ístria. Aliás, a região da Ístria me lembrou muito a Toscana, tanto em paisagem, (especialmente Motovum) quanto em gastronomia (trufas, azeites, vinhos, etc).

Agora vamos timtim por timtim:

Carteira de motorista: Na hora do aluguel do carro, não pediram a carteira internacional. O que acontece é que normalmente nossa carteira é aceita, mas corre-se o risco do guarda alegar que não entende e solicitar uma averiguação, aí complica para quem não tem.

Estradas: As estradas croatas são excelentes e super bem sinalizadas, não me lembro da existência de pedágios, acho que se teve, foi bem pouco.

O trajeto:

Entre Dubrovnik e Hvar, é obrigatório passar numa faixa de terra da Bósnia, nós não resistimos e desviamos um monte o caminho, entramos em Medgorje (local de aparição de Nossa Senhora – sou devota!) e depois fomos até Mostar, uma cidade que sofreu um grande cerco e foi detonada na guerra (o que nos inspirou foi uma exposição de fotos da guerra que vimos em Dubrovnik). Não fomos a Sarajevo, pena! Juro que se tivesse me programado eu colocaria uma noite na Bósnia, porque me encantei, brinco com o Zuco e sempre faço coração com a mão quando falo da Bósnia. Por isso estou fazendo questão de contar a vocês, pois é bom saber de todas as possibilidades né? No final, esse dia foi mega corrido, pois tivemos que ir até Drvenic para pegar o ferry para Hvar, chegamos no apê em Hvar pra lá de meia-noite e exaustos! Ou seja, não façam essa loucura e parem para dormir na Bósnia! 😉

Stari Most - Mostar

Stari Most – Mostar

Outra coisa, nossa ida para Hvar foi pegando o ferry em Drvenic até Sucuraj (30 min o trajeto) e atravessamos a ilha de carro (em torno de 1h) até a cidade de Hvar, já a volta foi via Hvar (Stari Grad) – Split. Isso vai poupar tempo para quem vem de Dubrovnik e quer ir para Hvar e depois Split ou vice-versa. Essa dica foi essencial para me fazer poupar tempo e foi a Liliana do Catálogo de Viagens que me deu nesse link aqui.

Em Hvar, nós não fomos até Bol (outra ilha famosa) porque o tempo estava fechando para o outro lado da ilha e preferimos garantir o tempo bom onde estávamos. Na saída da cidade de Hvar, avistamos uma praia da estrada mesmo e resolvemos ir até lá! Se chama Uvala Zarace recomendo muuuuito! Passamos a tarde lá, no maior estilo vida mais ou menos e foi perfeito! Tem gente que aluga barco, para pilotar mesmo, e aproveita para conhecer as ilhas vizinhas, deve ser bem legal, mas acabamos “presos” em Uvala Zarace e aí deixamos para lá. 🙂

Uvala Zarace

Uvala Zarace

De Hvar seguimos para Split: Só passamos uma noite lá e ficamos numa espécie de pousada (quarto do AirBnB), a dona do lugar nos deu algumas dicas, pois sabia que passaríamos apenas um dia e seguiríamos para os lagos Plitvice. A ideia era sair de Split, passar em Trogir, depois em Zadar para ver a saudação ao sol e o órgão do mar e seguir para Korenica, uma das cidades base para visitar os Lagos Plitvice. Mas nossa anfitriã em Split nos deu um monte de dicas e óbvio que não aguentamos e desviamos nossa caminho até Sibenik e o Parque Nacional Krka, ambos muito legais, mas se eu tivesse que escolher, ficaria com os Lagos Plitvice e as outras cidades (Split, Trogir e Dubrovnik), pois são bem parecidas. Depois do Parque Krka fomos para Zadar e de lá para Korenica. Tá tudo neste post aqui.

Lagos Plitvice

Lagos Plitvice

Um parêntese, antes de chegar em Sibenik, avistamos uma cidade pela estrada (a estrada da Croácia é surreal, na beira do mar e a gente acaba parando o tempo todo para babar e fotografar) que me deu a maior vontade de conhecer, ela se chama Primosten, se tiver chance, dê um pulo lá e me conta! hehehe 😛

Primosten

Primosten

Saindo de Korenica (Lagos Plitvice), o destino era Rovinj, tinha um chãozinho! Mas paramos em Motovun, uma cidade murada muito fofa, na região da Ístria, essa sim lembra muuuuito a Toscana, queria ter ficado lá, tomado um vinho e pedido uma bela pasta, mas precisávamos encarar mais um pouco da estrada. Chegamos em Rovinj e vimos um cidade bonita, agradável e litorânea, tipo uma Dubrovnik em menores proporções, já fica um pouco mais cara (como Dubrovnik), pois os preços começam a aparecer em euros. Pegamos chuva o dia inteiro em Rovinj, então não aproveitamos muito a cidade, pelo contrário, ficamos no apê sem peso na consciência. Saindo de lá, paramos em Pula, cidade que lembra Roma, pois fez parte do Império Romano, tem um anfiteatro (mini coliseu) e colunas romanas, bem interessante. Outra cidade que fica nessa rota é Porec, apesar de ter planejado um pit stop lá, passamos direto pois estava chovendo bem e achamos que não valeria a pena.

Motovun

Motovun

A Croácia foi um presente! Um país cheeeeio de coisas lindas e que deixou saudades, certamente é um assunto que não se esgotará num único post, mas esse apanhado teve como objetivo dar uma visão geral sobre as cidades, os trajetos e algumas possibilidades que descobrimos ao longo da nossa pequena aventura. Se por acaso surgir alguma outra dúvida, deixa aí nos comentários que a gente tenta responder e se por ventura você tiver outras dicas, compartilha com a gente também!

 

 

Organize sua viagem com o ZigadaZuca:
Nós oferecemos apenas produtos que já testamos e que sempre utilizamos em nossas viagens.
Ao utilizar estas ofertas você não paga nada a mais, recebe um excelente serviço pelo melhor preço e ainda ajuda o blog.
.

        

Author: Natália Gastão

Fluminhoca (fluminense + carioca) experimentando a vida mineira em Belo Horizonte, fisioterapeuta, acupunturista e viajante. Apaixonada pelo Rio e por viajar, sofre de tensão pré e depressão pós viagem, não pode ver uma promoção de passagem aérea e quer ir para tudo quanto é canto.

Share This Post On

16 Comments

  1. Ai que delícia… estamos planejando uma viagem com nossos pais no ano que vêm. E a Croacia está no topo da lista, agora a Senhorita está colocando a Bosnia também, quero só ver onde vou arranjar tantos dias (risos).
    Adorei o relato… volte a escrever

    Post a Reply
    • Suuuper recomendo a Croácia e a Bósnia S2 Mi!!! Quem sabe você não descola uns 13 dias… Acho que assim dá para encaixar tudinho!
      Obrigada pela visita e pode deixar que vou me esforçar ao máximo para manter o Ziga em atividade! =)
      Beijão!!!

      Post a Reply
  2. Adorei o post!
    Tenho uma viagem de um pouco mais de uma semana para Croacia esse mes e so aluguei o carro de Zagreb ate Split (passando por Plitvice). Minha ideia era pegar o ferry sem o carro de Split para Hvar e dps de Hvar para Dubrovnik. Vc acha que vale a pena?
    Qto vc pagou em cada trecho de ferry com o carro?
    Obrigada
    Bjos
    Carol Akemi

    Post a Reply
  3. Ah, enfim você voltou!!!

    A Croácia e a Bósnia quase entraram no meu roteiro de férias desse ano, mas tive que botar o pé no chão e reduzir o roteiro. No fim das contas, deixei esses países para uma próxima, pois sei que eles merecem mais do que uma passadinha rápida. Com esse tanto de coisa linda que você mostrou, acho que fiz a escolha certa!

    Post a Reply
    • Voltei!!!!! =)
      Eles realmente merecem um roteiro especial, digo isso, porque fiquei super pesarosa de não ficar mais tempo pela Bósnia, que realmente é encantadora! Mas como disse o Tales, agora teremos motivos para voltar! =)
      Adorei a visita!
      Beijinhos!

      Post a Reply
  4. Oi Nataliaaaaa!!!
    Que alegria, você voltou a publicar aqui, é muito bom ver você e suas aventuras em minha tela!!!
    E a Ásia??? Quero postttt!!!!!!!!
    Bjusss,
    Louise Godoy XD

    Post a Reply
  5. Olá, Natalia!
    Estou montando um roteiro muito semelhante ao seu para o próximo mês de junho. Fiquei mais segura e super empolgada com as suas ótimas informações!!! Obrigada 😉

    Post a Reply
  6. Delicia de post … estamos programando essa viagem pra Setembro, o difícil vai ser encaixar tudo o que eu quero ver em 14 dias!!! Ai Jesus…

    Post a Reply
    • É difícil mesmo Mi!
      É que tem tanta coisa bacana para ver e curtir que a gente fica com vontade de fazer tudo!!! Mas 14 dias é bastante tempo e você vai dar conta! 😉
      Beijão!

      Post a Reply
  7. Pretendo fazer esta viagem em setembro!!! Mas qto mais leio, mas tenho vontade de conhecer vários lugares e o tempo é curto…minha maior dúvida é se fazemos um pacote de alguma agência de turismo ou se alugamos um carro e fazemos por conta própria. Podia me ajudar? Bjos

    Post a Reply
    • Oi Suely!
      Eu não sei quanto tempo você tem, mas eu faria de carro pois ter a liberdade de seguir ou parar onde quiser é tudo de bom! E as estradas da Croácia são beeem tranquilas!
      Beijão!

      Post a Reply
  8. Oi Natalia, Vou para a Croacia em Jun/2016 e ja li varias dicas no seu Blog mas ainda restam duvidas. Voce pode me ajudar? Como estaremos vindo da Sardenha para Croacia, apos varias investigacoes resolvemos voar da Sardenha ate Trieste (ainda na Italia), fazer de onibus de Trieste ate Porec que me pareceu a primeira cidade interessante na Croacia, alugar um carro ai e fazer ate Dubrovnic de carro. No meio do caminho desviamos para Korenica e depois, em DRVENIC pegamos o FERRY para SUCURAJ e HVAR TOWN. Depois continuamos de carro ate DBROVNIC e atravessamos de volta ate BARI (Italia) porque queremos dar uma passada na COSTA MALFI. Eu queria saber sobre as cidades de POREC, PULA e ZDAR. Voce nao conheceu ou nao vale a pena? Tem dicas de hoteis pra me passar? O que voce acha da nossa logistica? Resolvemos ir de carro porque estaremos em 4 pessoas. Acho que eh mais economico.
    Obrigada pelas dicas!! Nos ajuda muito no planejamento da viagem. Quem me falou de vc foi um amigo do Rio (Ernane). Adorei o blog! Parabens!

    Post a Reply
    • Oi Cida!
      Quais são as suas dúvidas? De repente eu posso lhe ajudar por aqui e a gente ainda facilita a vida dos viajantes que chegarem depois das suas dúvidas. 😉

      Post a Reply
  9. Natalia tudo bem?
    Gostaria de saber se vcs fizeram a devolução do carro no mesmo local da retirada? pois pretendo comecar minha viagem pela Italia e para devolver em dubrovnick vai ficar muito caro
    Obrigada

    Post a Reply
  10. Gostaria de saber se compraram algum seguro para conduzirem na bósnia? Obrigado

    Post a Reply
    • Não compramos Fernando, pois resolvemos desviar para a Bósnia durante a viagem e não quando pegamos o carro.
      Foi por impulso, meio irresponsável mesmo! hehehe

      Post a Reply

Mantenha este blog vivo, comente!