A Beleza de Nobres!

Nobres é um daqueles lugares rústicos, intocados, com uma beleza natural embasbacante e que para melhorar, ainda não foi descoberto pelo turismo de massa, aliás quando o assunto é turismo, podemos dizer que a cidade está engatinhando. Mas o potencial é enorme!

Nobres

Os slogans provocativos como: “Nobres não é bonito, é lindo!” e “Nobres é a resposta do Mato Grosso ao Mato Grosso do Sul”, deixam a richa entre o Mato Grosso e Mato Grosso do Sul ainda mais escancarada e divertida para quem está de fora. E embora ainda não conheça Bonito, impossível não comparar por conta das semelhanças no estilo de atrações, ambos 100% natureza. Antes de seguir para qualquer passeio, providencie os seus vouchers, que geralmente pode ser feito na própria Pousada ou Agência de Turismo Receptivo, eu fechei todos os meus passeios com a Rota das Águas. Aliás, isso foi algo que me intrigou, quase tudo em Nobres era feito com vouchers, quando fomos jantar e dissemos que não tínhamos voucher, a moça que estava nos servindo ficou sem graça para nos dizer que seria R$20,00 por pessoa (não havia cardápio).

Nobres

Nosso primeiro passeio foi a flutuação no Aquário Encantado, uma verdadeira piscina com águas transparentes e muuuitos peixes como pacus, piraputangas e piaus. O lugar é um espetáculo! Tivemos um guia que nos levou até a piscina e deu todas as orientações sobre o lugar, como por exemplo, não encostar o pé no chão por questões de preservação e também para evitar que o calcário suba e a água fique turva.

Nobres

Nobres

Nobres

Mas acreditem… Sempre tem um mané para pisar no chão!

Nobres

Saindo do Aquário Encantado, caminhamos uns 150m e começamos a descer o Rio Salobra flutuando e observando mais peixes!

Nobres

Depois de tanto flutuar, voltamos a base do passeio no Recanto Ecológico Lagoa Azul (Pousada e Restaurante) e almoçamos por lá mesmo, depois do almoço quase perdi o Zuco para uma arara, que realmente não me curtiu e quis me bicar umas duas vezes… O dono da pousada e também da arara, disse que não tem jeito, ela é uma Biscatinha! É mole?

Nobres

Nobres

O próximo passeio, foi a Bóia Cross, ao contrário do que o nome sugere ele é totalmente sem emoção!!! Ele é quase chato, ou seja se tiver que escolher entre outra flutuação e esse, escolha a flutuação… Apesar do pessoal ser super gente boa e ter nos recebido muito bem (com lanche e suco natural de tamarindo – hummm), o passeio nada mais é que descer um rio numa bóia.

Nobres

Nobres

O fim de tarde foi na belíssima Lagoa das Araras! Um lugar incrível!!! Com araras de vários tipos voando a maioria em pares e gritando alucinadamente! Fiquei embasbacada! Pena ter esquecido a câmera com o zoom decente para conseguir uma foto mais de perto, mas ainda volto lá com uma câmera melhor!

Nobres

Nobres

Nobres

Nobres

Finalizamos o dia jantando um delicioso peixe assado no Restaurante Mangueiral.

Nobres

Dica: Passe no restaurante (qualquer um dos três ou quatro da Vila Bom Jardim) à tarde e encomende o que quer para o jantar, se não tivéssemos feito isso comeríamos peixe frito todos os dias, pois até existe uma pequena estrutura para o almoço, mas para o jantar não.

No dia seguinte, partimos para a flutuação no Rio Triste, que fica a 17km da Vila Bom Jardim, esse passeio nos foi recomendado porque o diferencial dele são as arraias de água doce, além de dourados, pirapitangas, etc. Como não vimos dourados ou arraias, nosso guia fez questão de descer conosco uma segunda vez, onde não apenas vimos uma arraia, dourado (acho que vi), como também vimos mais araras nas árvores e vários macacos pregos. É incrível! Não dá para evitar o clichê de “se sentir parte da natureza” mesmo!

Nobres

Nobres

Nobres

Preços das atrações:
Flutuação no Aquário Encantado e Rio Salobra: R$ 65,00
Lagoa das Araras: R$ 10,00
Flutuação no Rio Triste: R$ 50,00
Bóia Cross: R$ 35,00

Infelizmente, não pudemos conhecer a Cachoeira da Serra Azul que é um dos pontos altos da cidade, ela está fechada para visitação pois disseram que o Sesc Pantanal comprou o terreno e está fazendo obras na região, ninguém soube me dar uma previsão de quando ela será reaberta. Quem sabe esse não será o motivo que me levará de novo para Nobres?

Passeios que eu não fiz:
Balneário Estivado Banho de Rio: R$ 10,00
Reino Encantado Flutuação: R$ 60,00
Complexo da cerquinha caverna: R$ 45,00
Mergulho de cilindro: R$ 150,00

Já foi para Nobres e tem dicas de passeios? Deixe aqui na nossa caixa de comentários!

 

Essa viagem foi feita em novembro de 2011, os valores estão desatualizados e a Cachoeira da Serra Azul já foi reaberta, leve esses fatores em consideração durante o seu planejamento.

 

Organize sua viagem com o ZigadaZuca:
Nós oferecemos apenas produtos que já testamos e que sempre utilizamos em nossas viagens.
Ao utilizar estas ofertas você não paga nada a mais, recebe um excelente serviço pelo melhor preço e ainda ajuda o blog.
.

        

Author: Natália Gastão

Fluminhoca (fluminense + carioca) experimentando a vida mineira em Belo Horizonte, fisioterapeuta, acupunturista e viajante. Apaixonada pelo Rio e por viajar, sofre de tensão pré e depressão pós viagem, não pode ver uma promoção de passagem aérea e quer ir para tudo quanto é canto.

Share This Post On

20 Comments

  1. Vc está super me convencendo a ir a Nobres hein. Quem sabe num dos feriados de 3 dias do ano que vem.

    Post a Reply
  2. Esses feriados são o suficiente para ir à Nobres, de repente você ainda pode fazer Nobres + Chapada dos Guimarães em 3 dias!
    Recomendo muito Carlinha!!!

    Post a Reply
  3. Nossa, até eu que morro de medo de água fiquei encantada com o lugar e principalmente com vontade de dar um mergulhinho aí! Suuuper! 🙂

    Post a Reply
  4. Bacana demais a publicação, as imagens e o lugar, Natália! Gostei muito da ideia também de um feriado prolongado que inclua a Chapada. 2012 que nos aguarde! 🙂

    Post a Reply
  5. Sem dúvidas dá para fazer a Chapada (pelo menos o básico) e Nobres num feriadão de 3-4 dias. Quando se animar nos avise, quem sabe se estivermos em Cuiabá a gente não se encontra?
    Beijo grande e obrigada pela visita!

    Post a Reply
  6. Que lindas fotos!
    Eu estive em Bonito há uns 15 anos e lembro que foi realmente uma das experiências mais incríveis fazer a flutuação no meio do rio. Na época vi até uma cobra enorme em cima de uma árvore, mas ela estava lá tranquila a gente no meio dos peixes.
    Um dia quero levar o Roberto para viver uma experiência como essa aí no Brasil. Nobres parece uma ótima idéia. Vou guardar a sugestão. 🙂
    beijos
    Babi

    Post a Reply
    • Nossa! Do jeito que tenho pavor de cobra, não ficaria tranquila no rio vendo uma na árvore… hehehe
      Sobre levar o Roberto, super recomendo! Lugar lindo e pouco explorado. Ele vai amar! =)

      Post a Reply
  7. Nossa! Que lugar lindo co ótimos registros fotográficos. Parabéns!!!

    Post a Reply
  8. Nossa parabens pelas fotos e pela publicação, mas estou deixando esse comentário para dizer-lhes que a cachoeira da serra azul ja se encontra aberta a visitação. ok

    Post a Reply
    • Que ótima notícia!!!
      Tenho muita vontade de retornar a Nobres, quem sabe essa não é a desculpa que eu precisava! =)
      Valeu por avisar!

      Post a Reply
  9. Oi Natalia!!
    Adorei!!!
    Li uma reportagem em alguma revista sobre Nobre e fiquei bem tentada… Agora com as suas fotos, confirmei a minha vontade de ir para lá!!! 🙂
    Deve ser muito bonito, ou melhor lindo, rsrs
    Bjs, Anna

    Post a Reply
  10. Realmente era o melhor restaurante que havia lá. tenho apenas o telefone do Sr Diniz (65)9613-6358 ou (65)9991-9859. fiquei sabendo quando liguei pra ele, que iria montar novamente um restaurante(problemas com o sócio) #tipico

    Post a Reply
  11. Olá tudo bem?
    Eu já fui a bonito e agora no feriadão da semana santa quero ir a Nobres e Chapada.
    Vc tem os contatos da agencia que vc fechou os passeios?
    Obrigada
    Patricia

    Post a Reply
  12. Oi, Natália,
    Estou de volta aos comentários, ;D e desta vez para pegar dicas sobre Nobres. Infelizmente, há pouco material sobre o lugar na internet, e o guia do Riq Freire sobre as viagens que ele andou fazendo pelo Brasil ainda não saiu. O que eu gostaria saber é: se a pessoa não quiser fazer todos os passeios, que outra alternativa resta? Dá pra ir pra um lugar tomar banho de cachoeira, por exemplo? Eu não curto fazer passeio atrás de passeio, e isso de nadar com os peixes… hummm, não faz minha cabeça, pra ser bem sincera. Pode até ser que eu mude de ideia lá, mas me dá um pouco de agonia. As arraias não mordem? Confesso que tenho um pouco de medo delas (pode ser um medo infundado, mas…).
    Li em algum lugar que a lagoa das araras é um passeio “chato”, mas taí uma coisa que quero fazer. A foto de lá é clássica, e acho que mesmo sem sua câmera com zoom, suas fotos ficaram boas.
    Você lembra se o café-da-manhã da pousada em que ficaram era bom?
    And last but not least: os passeios a gente compra separadamente nas agências?
    Super obrigada, e desculpe o número de perguntas.
    Bjs.

    PS: lembra que te falei uma vez que às vezes fico perdida no blog quando comento em mais de um post, sem lembrar onde comentei? Andei vendo em outros blogs do WordPress que dá para deixar a opção de “Avise-me sobre novos comentários por email.” Eu faço isso em alguns blogs que leio, e quando o dono responde recebo a notificação (não preciso ficar voltando ao post). Será que você não conseguiria ativar essa opção? A plataforma do seu blog é WordPress, não? Fica a sugestão. =)
    PS2: toda vez que releio esse post e te vejo falando que a arara caiu de amores pelo Zuco, mas não curtiu muito você, dou risada. E isso do dono da ave chamá-la de “biscatinha”, hein?! Cada uma. rs

    Post a Reply

Mantenha este blog vivo, comente!