Chapada dos Guimarães: Cidade e Parque Nacional

Como eu já contei aqui, a Chapada dos Guimarães é simplesmente incrível! Sim, mesmo conhecendo só um pouquinho dela, já deu para notar!!Mas como a maioria das Chapadas, ela abrange uma região grande, que inclui alguns municípios além do Parque Nacional e da cidade, então resolvi para facilitar dividi a Chapada de forma bem simples:- Cidade Chapada dos Guimarães, fica a 70 km de Cuiabá e é a base para os que buscam visitar o parque e suas redondezas.



Parque Nacional Chapada dos Guimarães, área protegida pelo IBAMA que monitora a quantidade de visitantes, bem como os horários de abertura e fechamento do parque.

Achei interessante quando um nativo disse que o parque agora é uma Prisão Agrícola referindo-se (com tom de crítica) a fiscalização do IBAMA, que estipulou horário para abrir e fechar o parque, além de proibir venda de alimentos, cada um deve levar o que for consumir.

– Finalizando, temos a Chapada dos Guimarães Off Parque Nacional (terminologia própria ok?), é a área que não é monitorada e consequentemente é menos cuidada, fica entre o município de Campo Verde e Chapada dos Guimarães, como o Mirante do Centro Geodésico.

Todos os lugares são lindos!!! Mas realmente é triste notar o descuido do povo com a natureza. Vimos churrasco sendo feito, lixo e barulho (poluição sonora) numa cachoeira, sem a menor fiscalização e o menor bom senso. A Chapada toda estava se recuperando das queimadas, ver o povo jogar carvão em brasa no chão é totalmente revoltante!

Dou “Graças à Deus” por existir uma “Prisão Agrícola” no resto do Parque!

Fotos: Tales Lobosco e Natália Gastão (Zucos)

Author: Natália Gastão

Fluminhoca (fluminense + carioca) experimentando a vida mineira em Belo Horizonte, fisioterapeuta, acupunturista e viajante. Apaixonada pelo Rio e por viajar, sofre de tensão pré e depressão pós viagem, não pode ver uma promoção de passagem aérea e quer ir para tudo quanto é canto.

Share This Post On

2 Comments

  1. Muito triste isso. Um lugar com um potencial desses sem uma estrurura minima de visitacao…pior de tudo e a falta de nocao das pessoas
    Neste caso acho que realmente tem que restringir mesmo o acesso.. Eu nunca me esqueco de uma visita tecnica ao parque nacional do iguacu em que o pessoal do ibama relatou alguns dos muitos problemas que o parque enfrenta como nao ter nem sequer combustivel, quem dera pessoal para fiscalizar o parque. Detalhe este é o parque que mais arrecada $$ mas o recurso nao fica no parque e mandado para Brasilia e la desaparece feito magica.. Se nao me engano para todo o parque haviam apenas 3 ou 4 fiscais…. Imagine como e a situacao na amazonia

    Post a Reply
  2. É vergonhoso né? Fiquei indignada quando vi aquela bagunça toda! Ainda não escrevi exatamente sobre esta parte, mas foi o que mais me incomodou.
    Eu percebi que as pessoas devem pensar assim: “Essa é a época das queimadas… Normal, pegar fogo!” – Agora o fato delas fazerem churrasco e jogarem o carvão no chão depois não tem influência alguma sobre isso. Falta o mínimo de consciência ambiental para esse povo também!
    Sem uma política que proteja o nosso meio ambiente, vai tudo virar cinzas mesmo!!! Infelizmente…

    Post a Reply

Mantenha este blog vivo, comente!