Tiwanaku em duas partes!

Já havia dito antes, que a nossa viagem a Bolívia foi uma verdadeira saga ou maratona, como preferir. Fomos com muita sede ao pote e quisemos conhecer tudo o possível… Claro que não conseguimos aproveitar tudo, mas claro que foi divertido tentar e conhecer quase tudo o que planejamos! haha

Alugamos um coche (carro) e seguimos por 70 km de La Paz para Tiwanaku, pelo altiplano boliviano.

Como curtimos sítios arqueológicos, Tiwanaku não poderia ficar de fora! Afinal trata-se da civilização que é considerada uma das precursoras do Império Inca. Resumindo o lugar em si, é riquíssimo em história pré colombina.

Apesar de grande, seu estado de conservação não é dos melhores, mas em 2009 Tiwanaku foi declarado patrimônio da humanidade pela UNESCO, administrado pelo governo boliviano. O que gera alguns problemas no quesito restauração, visto que há um questionamento constante sobre alguma mudança na condição original dos elementos do sítio.

Nossa visita foi fragmentada em duas partes, até porque seria muito normal se conseguíssemos visitar tudo no mesmo dia, haha. Para simplificar (porque isso é tema de outra história…) quando o sítio estava fechando, ainda faltava uma parte a ser vista, então partimos para Copacabana (via Peru), conforme o planejado, mas na volta deu tempo e como Tiwanaku estava no caminho aproveitamos para ver a região de Puna…



… e não é que conseguimos?


FOTOS: TALES LOBOSCO

Author: Natália Gastão

Fluminhoca (fluminense + carioca) experimentando a vida mineira em Belo Horizonte, fisioterapeuta, acupunturista e viajante. Apaixonada pelo Rio e por viajar, sofre de tensão pré e depressão pós viagem, não pode ver uma promoção de passagem aérea e quer ir para tudo quanto é canto.

Share This Post On

1 Comment

  1. Acho que Tiwanaku, talvez seja uma das poucas coisas que me faria voltar a La Paz.
    @GusBelli

    Post a Reply

Mantenha este blog vivo, comente!